Versículos de Moisés na Bíblia

Moisés foi um homem de grande valor para Deus, pois ele era digno e justo, que fazia tudo conforme o Senhor lhe ordenava. Antes de Moisés nascer, Deus já tinha escolhido ele para libertar os escravos do Egito e conduzi-los até a terra prometida. Moisés foi encontrado dentro de uma cesta, em um rio, pela filha do faraó enquanto se banhava. A filha do faraó amou Moisés e o adotou como seu filho, e deu a ele o nome de Moisés, que quer dizer “tirado das águas”.

Já homem, Moisés mata um feitor egípcio

Logo após Moisés ter matado um feitor egípcio levado pela justa cólera, é aconselhado a partir para exílio, a fim de escapar à pena de morte, pois se ele ficasse por lá, perderia sua vida.

As Escrituras Sagradas ainda afirmam que, em Êxodo 3, que no Monte de Horebe, Moisés depara-se com uma sarça ardente que queimava mas não se consumia, impressionado, Moisés se aproxima e Deus fala com ele, mandando ir ao faraó, para tirar do Egito os israelitas. Moisés ouve a Deus e recebe sua missão para libertar os israelitas e conduzi-los até a terra prometida.

Abaixo, estão os melhores versículos de Moisés, para você meditar e praticar os ensinamentos de Deus. Veja:

Êxodo 2:1-10 – “Um homem da tribo de Levi casou-se com uma mulher da mesma tribo, e ela engra­vidou e deu à luz um filho. Vendo que era boni­to, ela o escondeu por três meses. Quan­do já não podia mais escondê-lo, pegou um cesto feito de junco e o vedou com piche e betume. Colocou nele o menino e deixou o cesto entre os juncos, à margem do Nilo. A irmã do meni­no ficou observando de longe para ver o que lhe acon­teceria. A filha do faraó descera ao Nilo para tomar banho. Enquanto isso, as suas servas an­davam pela margem do rio. Nisso viu o cesto entre os juncos e mandou sua criada apanhá-lo. Ao abri-lo, viu um bebê chorando. Ficou com pena dele e disse: “Este menino é dos hebreus”. Então a irmã do menino aproximou-se e perguntou à filha do faraó: “A senhora quer que eu vá chamar uma mulher dos hebreus para amamentar e criar o meni­no?” “Quero”, respondeu ela. E a moça foi chamar a mãe do menino. Então a filha do faraó disse à mulher: “Leve este menino e amamente-o para mim, e eu pagarei você por is­so”. A mulher levou o menino e o amamentou. Tendo o menino crescido, ela o levou à filha do faraó, que o adotou e lhe deu o nome de Moisés, dizendo: “Porque eu o tirei das águas”.

Hebreus 11:23-28 – “Pela fé Moisés, recém-nascido, foi escondido durante três meses por seus pais, pois estes viram que ele não era uma criança comum e não temeram o decreto do rei. Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha do faraó, preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo. Por amor de Cristo, considerou sua desonra uma riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa. Pela fé saiu do Egito, não temendo a ira do rei, e perseverou, porque via aquele que é invisível. Pela fé celebrou a Páscoa e fez a aspersão do sangue, para que o destruidor não tocasse nos filhos mais velhos dos israelitas”.

Atos dos Apóstolos 7:22 – “Moisés foi educado em toda a sabedoria dos egípcios e veio a ser poderoso em palavras e obras”.

Atos dos Apóstolos 7:37 – “Este é aquele Moisés que disse aos israelitas: ‘Deus levantará dentre seus irmãos um profeta como eu”.

Atos dos Apóstolos 3:22 – “Pois disse Moisés: ‘O Senhor Deus levantará dentre seus irmãos um profeta como eu; ouçam-no em tudo o que ele disser”.

Êxodo 33:11 – “O Senhor falava com Moisés face a face, como quem fala com seu amigo. Depois Moisés voltava ao acam­pamento; mas Josué, filho de Num, que lhe servia como auxiliar, não se afastava da tenda”.

Êxodo 6:13 – “Mas o Senhor ordenou a Moisés e a Arão que dissessem aos israelitas e ao faraó, rei do Egito, que tinham ordem para tirar do Egito os israelitas”.

Deuteronômio 34:1-8 – “Então, das campinas de Moabe Moisés subiu ao monte Nebo, ao topo do Pisga, em frente de Jericó. Ali o Senhor lhe mostrou a terra toda: de Gileade a Dã, toda a região de Naftali, o território de Efraim e Manassés, toda a terra de Judá até o mar ocidental, o Neguebe e toda a região que vai do vale de Jericó, a cidade das Palmeiras, até Zoar. E o Senhor lhe disse: “Esta é a terra que prometi sob juramento a Abraão, a Isaque e a Jacó, quando lhes disse: Eu a darei a seus descendentes. Permiti que você a visse com os seus próprios olhos, mas você não atravessará o rio, não entrará nela”. Moisés, o servo do Senhor, morreu ali, em Moabe, como o Senhor dissera. Ele o sepultou em Moabe, no vale que fica diante de Bete-Peor, mas até hoje ninguém sabe onde está localizado seu túmulo. Moisés tinha cento e vinte anos de idade quando morreu; todavia, nem os seus olhos nem o seu vigor tinham se enfraquecido. Os israelitas choraram Moisés nas campinas de Moabe durante trinta dias, até passar o período de pranto e luto”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *