Versículos de Noé e a sua Arca

A história do homem justo Noé, começa no livro de Gênesis, que se encontra no Antigo Testamento, e destaca logo os dois capítulos do 6 ao 9, que mostra a ira de Deus com a humanidade, pois a perversidade do homem tinha aumentado na terra e que toda a inclinação dos pensamentos do seu coração era sempre o mal. Nos versículos 6 e 7, do capítulo 6 de Gênesis, Deus viu tanta maldade do homem, que se arrependeu de te-los feitos, e isso cortou lhe o coração. Porém, Deus declarou: Farei o homem que criei desaparecer da face da terra, e também os ani­mais e as aves do céu.

Toda a humanidade havia corrompido a sua conduta, e a terra estava cheia de violência. Decidido, o Senhor enviou o dilúvio à toda face da terra. Mas antes disso acontecer, da terra ser inundada, Deus encontrou um homem justo, pelo qual ele achou graça, que tinha o nome de Noé, e decidiu que este iria preceder uma nova linhagem do homem.

No entanto, o Senhor falou com Noé para ele fazer uma arca e levar com ele sua esposa, seus filhos e também suas noras, às quais eram mulheres de seus filhos Shem, Ham e Japheth. Deus ainda falou com Noé, para levar dentro da arca todas as espécies de seres vivos existentes, à exemplo de dois pares, sendo macho e fêmea.

Nesta página, serão encontrados os melhores versículos bíblicos de Noé, e que fala também sobre a sua arca. Confira:

Gênesis 7:1 – “Então o Senhor disse a Noé: “Entre na arca, você e toda a sua família, porque você é o único justo que encontrei nesta geração”.

Gênesis 7:7-10 – “Noé, seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos entraram na arca, por causa das águas do Dilúvio. Casais de animais grandes, puros e impuros, de aves e de todos os animais pequenos que se movem rente ao chão vieram a Noé e entraram na arca, como Deus tinha ordenado a Noé. E, depois dos sete dias, as águas do Dilúvio vieram sobre a terra”.

Gênesis 7:16 – “Os animais que entraram foram um macho e uma fêmea de cada ser vivo, conforme Deus ordenara a Noé. Então o Senhor fechou a porta”.

Gênesis 7:17-18 – “Quarenta dias durou o Dilúvio, e as águas aumentaram e elevaram a arca acima da terra. As águas prevaleceram, aumen­tando muito sobre a terra, e a arca flutuava na superfície das águas”.

Gênesis 7:23 – “Todos os seres vivos foram exterminados da face da terra; tanto os homens como os animais grandes, os animais pequenos que se movem rente ao chão e as aves do céu foram exterminados da terra. Só resta­ram Noé e aqueles que com ele estavam na arca”.

Gênesis 8:3-4 – “As águas foram baixando pouco a pouco sobre a terra. Ao fim de cento e cinquenta dias, as águas tinham diminuído, e, no décimo sétimo dia do sétimo mês, a arca pousou nas montanhas de Ara­rate”.

Gênesis 8:6-12 – “Passados quarenta dias, Noé abriu a jane­la que fizera na arca. Esperando que a terra já tivesse aparecido, Noé soltou um corvo, mas este ficou dando voltas. Depois­ soltou uma pomba para ver se as águas tinham diminuído na superfície da terra. Mas a pomba não encontrou lugar onde pousar os pés porque as águas ainda cobriam toda a superfície da terra e, por isso, voltou para a arca, a Noé. Ele estendeu a mão para fora, apanhou a pomba e a trouxe de volta para dentro da arca. Noé esperou mais sete dias e soltou nova­mente a pomba. Quando voltou ao entardecer, a pomba trouxe em seu bico uma folha nova de oliveira. Noé então ficou sabendo que as águas tinham diminuído sobre a terra. Esperou ainda outros sete dias e de novo soltou a pomba, mas dessa vez ela não voltou”.

Gênesis 8:13 – “No primeiro dia do primeiro mês do ano seiscentos e um da vida de Noé, secaram-se as águas na terra. Noé então removeu o teto da arca e viu que a super­fície da terra estava seca”.

Gênesis 8:15-17 – “Então Deus disse a Noé: “Saia da arca, você e sua mulher, seus filhos e as mulheres deles. Faça que saiam também todos os anima­is que estão com você: as aves, os grandes animais e os pequenos que se movem rente ao chão. Faça-os sair para que se espalhem pela terra, sejam férteis e se multipliquem”.

Gênesis 9:8-11 – “Então disse Deus a Noé e a seus filhos, que estavam com ele: “Vou estabelecer a minha aliança com vocês e com os seus futuros descen­dentes, e com todo ser vivo que está com vo­cês: as aves, os rebanhos domés­ticos e os animais selvagens, todos os que saíram da arca com vocês, todos os seres vivos da terra. Esta­beleço uma aliança com vocês: Nunca mais será ceifada nenhuma forma de vida pelas águas de um dilúvio; nunca mais haverá dilúvio para des­truir a terra”.

Hebreus 11:7 – “Pela fé Noé, quando avisado a respeito de coisas que ainda não se viam, movido por santo temor, construiu uma arca para salvar sua família. Por meio da fé ele condenou o mundo e tornou-se herdeiro da justiça que é segundo a fé”.

Mateus 24:37-41 – “Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem. Pois nos dias anteriores ao Dilúvio, o povo vivia comendo e bebendo, casando-se e dando-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca; e eles nada perceberam, até que veio o Dilúvio e os levou a todos. Assim acontecerá na vinda do Filho do homem. Dois homens estarão no campo: um será levado e o outro deixado. Duas mulheres estarão trabalhando num moinho: uma será levada e a outra deixada”.

1 Pedro 3:20-22 – “que há muito tempo desobedeceram, quando Deus esperava pacientemente nos dias de Noé, enquanto a arca era construída. Nela apenas algumas pessoas, a saber, oito, foram salvas por meio da água, e isso é representado pelo batismo que agora também salva vocês – não a remoção da sujeira do corpo, mas o compromisso de uma boa consciência diante de Deus – por meio da ressurreição de Jesus Cristo, que subiu aos céus e está à direita de Deus; a ele estão sujeitos anjos, autoridades e poderes”.

Gênesis 6:13-16 – “Deus disse a Noé: “Da­rei fim a todos os seres humanos, por­que a terra encheu-se de violên­cia por causa deles. Eu os destruirei com a terra. Você, porém, fará uma arca de madeira de cipreste; divida-a em compartimentos e revista-a de piche por dentro e por fora. Faça-a com cento e trinta e cinco metros de comprimento, vinte e dois metros e meio de largura e treze metros e meio de altura. Faça-lhe um teto com um vão de quarenta e cinco centímetros entre o teto e o corpo da arca. Coloque uma porta lateral na arca e faça um andar superior, um médio e um inferior”.

Gênesis 9:12 “E Deus prosseguiu: “Este é o sinal da aliança que estou fazendo entre mim e vocês e com todos os seres vivos que estão com vocês, para todas as gerações futuras.”

Gênesis 9:13 – “o meu arco que coloquei nas nuvens. Será o sinal da minha alian­ça com a terra”.

Gênesis 9:14 – “Quando eu trouxer nuvens sobre a terra e nelas aparecer o arco-íris”.

Gênesis 9:15 – “então me lembrarei da minha aliança com vocês e com os seres vivos de todas as espécies. Nunca mais as águas se tornarão um dilúvio para destruir toda forma de vida”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *