17 Versículos que falam sobre deserto na Bíblia

O que é deserto? Deserto é uma região coberta por um manto de areia, e que possuem rochas. Além disso, o solo do deserto é pouco fértil, ou seja, é um lugar que quase não desenvolve vegetação. De acordo a pesquisa, o deserto recebe pouca quantidade de chuva. E, durante o dia, a temperatura é bastante quente, e as noites são frias. Neste lugar, também costuma receber ventos muito fortes. Assim, tanto para os ser humanos quanto para os animais a sobrevivência por lá é muito difícil.

A palavra deserto aparece em diversas passagens bíblicas. E, antes de conferir os versículos abaixo, vamos entender um pouco sobre o que significa a palavra deserto na Bíblia.

Então, deserto na Bíblia é quando o cristão está passando por situações muito difíceis em sua vida. Contudo, durante esses momentos, Deus está fazendo uma limpeza em nossas vidas. Ou seja, passar pelo deserto é uma permissão de Deus, e isso inclui variados motivos ou circunstâncias. Contudo, quando Deus nos leva ao deserto para nos provar, é para ver qual será a nossa atitude para com Ele.

Muitas vezes, quando damos lugar as futilidades, vaidades, atrações e distrações que acabamos por nos enchermos de nós mesmo, esquecendo dos mandamentos da Bíblia. Sem dúvida, esse mal pode acabar nos afastando da presença de Deus. E, é claro que o Senhor não quer que isso aconteça. Logo, vemos Deus nos levando ao deserto, ou seja, não como forma de punição ou castigo; mas, para que possamos nos arrepender e estar em sua presença, junto com seu povo.

Sabemos que o deserto não é um lugar fácil, mas, foi lá que o povo de Deus viu a maioria dos sinais realizados pelo Senhor; e ali também era manifestada a glória de Deus. Entretanto, momentos virão em nossas vidas em que o Senhor nos levará ao deserto. Sim, com propósito de nos querer fazer crescer espiritualmente como também materialmente. Além disso, deserto é lugar de aprendizado!

Por tanto, quando você começar a sentir que está no deserto, cercado por areias e cactos, com um sol escaldante sobre a sua cabeça, chegando a pensar que é o fim; lembre-se, ainda que você sinta a sensação de que Deus te abandonou, justamente por vê ao seu redor muitos problemas, lutas e desafios; saiba que, o mesmo Deus que conduziu o seu povo ao deserto, para alcançar a liberdade, é o mesmo Deus que por vezes te coloca neste deserto. Claro, não para te punir ou castigar, mas sim para você voltar para Ele e ouvir as suas orientações. É no deserto que somos restaurados, e nos tornamos melhores para Deus!

Deus nos leva ao deserto com propósito

Deuteronômio 8:2 – “Lembrem-se de como o Senhor, o seu Deus, os conduziu por todo o caminho no deserto, durante estes quarenta anos, para humilhá-los e pô-los à prova, a fim de conhecer suas intenções, se iriam obedecer aos seus mandamentos ou não”.

Deuteronômio 1:31 – “Também no deserto vocês viram como o Senhor, o seu Deus, os carregou, como um pai carrega seu filho, por todo o caminho que percorreram até chegarem a este lugar”.

Deuteronômio 2:7 – “Pois o Senhor, o seu Deus, os tem abençoado em tudo o que vocês têm feito. Ele cuidou de vocês em sua jornada por este grande deserto. Nestes quarenta anos o Senhor, o seu Deus, tem estado com vocês, e não tem faltado coisa alguma a vocês”.

Isaías 40:3 – “Uma voz clama: “No deserto preparem o caminho para o Senhor; façam no deserto um caminho reto para o nosso Deus”.

Mateus 4:1 – “Então Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo”.

Marcos 6:31 – “Havia muita gente indo e vindo, ao ponto de eles não terem tempo para comer. Jesus lhes disse: “Venham comigo para um lugar deserto e descansem um pouco”.

Números 14:2-3 – “Todos os israelitas queixaram-se contra Moisés e contra Arão, e toda a comunidade lhes disse: “Quem dera tivéssemos morrido no Egito! Ou neste deserto! Por que o Senhor está nos trazendo para esta terra? Só para nos deixar cair à espada? Nossas mulheres e nossos filhos serão tomados como despojo de guerra. Não seria melhor voltar para o Egito?”

Números 14:26-29 – “Disse mais o Senhor a Moisés e a Arão: “Até quando esta comunidade ímpia se queixará contra mim? Tenho ouvido as queixas desses israelitas murmuradores. Diga-lhes: Juro pelo meu nome, declara o Senhor, que farei a vocês tudo o que pediram: Cairão neste deserto os cadáveres de todos vocês, de vinte anos para cima, que foram contados no recenseamento e que se queixaram contra mim”.

Números 14:32-35 – Os “cadáveres de vocês, porém, cairão neste deserto. Seus filhos serão pastores aqui durante quarenta anos, sofrendo pela infidelidade de vocês, até que o último cadáver de vocês seja destruído no deserto. Durante quarenta anos vocês sofrerão a consequência dos seus pecados e experimentarão a minha rejeição; cada ano corresponderá a cada um dos quarenta dias em que vocês observaram a terra. Eu, o Senhor, falei, e certamente farei essas coisas a toda esta comunidade ímpia, que conspirou contra mim. Encontrarão o seu fim neste deserto; aqui morrerão”.

Salmos 78:15-16 – “Fendeu as rochas no deserto e deu-lhes tanta água como a que flui das profundezas; da pedra fez sair regatos e fluir água como um rio”.

Salmos 78:40 – “Quantas vezes mostraram-se rebeldes contra ele no deserto e o entristeceram na terra solitária”!

Salmos 107:35-38 – “Transforma o deserto em açudes e a terra ressecada em fontes. Ali ele assenta os famintos, para fundarem uma cidade habitável, semearem lavouras, plantarem vinhas e colherem uma grande safra. Ele os abençoa, e eles se multiplicam;
e não deixa que os seus rebanhos diminuam”.

Mateus 3:1-3 – “Naqueles dias, surgiu João Batista, pregando no deserto da Judeia. Ele dizia: “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo”. Este é aquele que foi anunciado pelo profeta Isaías: “Voz do que clama no deserto: ‘Preparem o caminho
para o Senhor, façam veredas retas para ele’ “.

Jeremias 31:2-3 – “Assim diz o Senhor: “O povo que escapou da morte achou favor no deserto”. Quando Israel buscava descanso, o Senhor lhe apareceu no passado, dizendo: “Eu a amei com amor eterno; com amor leal a atraí”.

Isaías 41:18-20 – “Abrirei rios nas colinas estéreis e fontes nos vales. Transformarei o deserto num lago e o chão ressequido em mananciais. Porei no deserto o cedro, a acácia, a murta e a oliveira. Colocarei juntos no ermo o cipreste, o abeto e o pinheiro, para que o povo veja e saiba, e todos vejam e saibam, que a mão do Senhor fez isso, que o Santo de Israel o criou”.

Isaías 43:19-21 – “Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Vocês não a reconhecem? Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo. Os animais do campo me honrarão, os chacais e as corujas, porque fornecerei água no deserto e riachos no ermo, para dar de beber a meu povo, meu escolhido, ao povo que formei para mim mesmo
a fim de que proclamasse o meu louvor”.

Marcos 1:35 – “De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus levantou-se, saiu de casa e foi para um lugar deserto, onde ficou orando”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *