Estudo e explicação de Colossenses 3:13 (Suportem-se uns aos outros e perdoem)

Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou. Afinal, o que este versículo de Colossenses 3:13, verdadeiramente quer dizer? então, em primeiro lugar, perdoar o próximo trata-se de uma ordenança de Deus, ou seja, quem não cumpre esse mandamento, está desobedecendo a lei do Senhor.

Entretanto, para que possamos compreender de forma clara e eficaz este estudo e explicação de Colossenses 3:13, vamos entender o que diz o texto de Mateus 18:21-22: Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: “Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?” Jesus respondeu: “Eu digo a você: Não até sete, mas até setenta vezes sete. A vida do homem normalmente dura setenta anos. Sendo assim, durante o nosso tempo de vida aqui na terra, devemos perdoar os nossos irmãos.

A importância de perdoar o próximo

Ainda, no livro de Marcos 11:25-26, a palavra do Senhor diz que se nós não perdoar os nossos irmãos, o Pai que está nos céus não perdoará os nossos pecados: “E, quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial perdoe os seus pecados. Mas, se vocês não perdoarem, também o seu Pai que está nos céus não perdoará os seus pecados”. É importante deixar claro que, se você não perdoar o seu irmão ou, viver com semente de ódio ou de amargura no coração, o Senhor não ouvirá as suas orações. É importante perdoar àquele que pecou contra você, para que assim, o Senhor venha atentar às suas orações.

Veja também: Estudo e Explicação de 1 Pedro 5:8 (estejam alertas e vigiem)

No entanto, assim como o Senhor nos perdoou, também devemos perdoar os nossos irmãos (o próximo). Mas, perdoar, trata-se de uma escolha pessoal, ou seja significa largar o desejo de retribuição, é não “pagar o mal na mesma moeda”. Assim, perdoe e você será perdoado.

Não devemos exigir que as pessoas sejam perfeitas, porque também não somos perfeitos, isto é, somos falhos e erramos. Mas, seguimos o alvo perfeito que é Jesus.

Então, se erramos, por que não perdoar? para quem não sabe, o perdão é poderoso e, através dessa atitude nos livramos do ressentimento, do ódio e do “peso em nossas costas”.

Entenda que o destino da humanidade era condenação e a morte eterna. Entretanto, à luz da Bíblia, Cristo tomou uma escolha: “Ele preferiu nos perdoar. Isso mesmo, Ele se entregou em nosso lugar, para que não viéssemos a perecer.

Por tanto, somos fruto do perdão de Cristo. Agora, somos livres do pecado.

Acredite, Deus não quer que guardamos ressentimento do próximo, Ele deseja que amemos uns aos outros. Então, que tal perdoar agora mesmo?

Confira baixo, alguns comentários bíblicos de vários teólogos cristãos acerca do versículo de Colossenses 3:13. Veja:

Explicação de Colossenses 3:13

imagem de perdão acerca do versículo de Colossenses 3:13
Foto: (reprodução/internet) estudo e explicação de Colossenses 3:13

Comentário bíblico de Adam Clarke

Perdoando um ao outro – Evite todas as ocasiões de irritar ou provocar um ao outro.

Perdoar um ao outro – Se você se ofender, esteja instantaneamente pronto para perdoar no primeiro reconhecimento da falha.

Assim como Cristo te perdoou – que não exigia satisfação e nada procurava em você, a não ser o coração contrito e quebrantado, e te perdoou livremente assim que retornou a Ele. Nenhum homem deve, por um momento, abrigar má vontade em seu coração; mas a parte ofendida não é realmente chamada a perdoar, até que o ofensor, com tristeza, reconheça sua culpa.

Ele deve estar pronto para perdoar e, enquanto o é, não pode sentir ódio nem maldade em relação ao ofensor; mas, como Cristo não nos perdoa até que voltemos a ele com corações penitentes, reconhecendo nossas ofensas, os que transgrediram contra o próximo não devem esperar nenhum ato de perdão da pessoa que feriram, até que reconheçam a ofensa. Perdoe, diz o apóstolo, ?a??? ?a? ? ???st?? assim como Cristo o perdoou – mostre a mesma disposição e a mesma disposição para perdoar seus irmãos ofensores, como Cristo mostrou a você.

Comentário bíblico de John Wesley

Perdoando uns aos outros e perdoando uns aos outros, se alguém briga contra alguém: assim como Cristo vos perdoou, assim também vós.

Perdoando um ao outro – Se algo está errado agora.

E perdoando um ao outro – O que é passado.

Comentário bíblico de E.W. Bullinger

Indulgente. Ver Efésios 4: 2.

Perdoando. Ver Colossenses 2:18.

E se. App-118.

Qualquer homem, qualquer. App-123.

Briga = queixa. Grego. nvosephe. Só aqui. contra. App-104.

Cristo. A maioria dos textos lê “o Senhor” .

Também fazeis = fazeis também.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *