Salmo do dia de hoje

Todos os dias pela manhã um Salmo da Bíblia para você meditar na palavra do Senhor e aumentar a sua intimidade com Ele. No entanto, nós, cristãos, devemos dar a nossa primeira atenção do dia para Jesus, e saber quais os conselhos Ele têm para nós a cada dia. Por tanto, para o seu dia começar bem, um Salmo Bíblico para você refletir e por em prática os ensinamentos de Deus.

Salmo do dia para hoje

Segunda-feira, 19 de Abril de 2021

Salmo 37

Não se aborreça por causa dos homens maus
e não tenha inveja dos perversos;

2 pois como o capim logo secarão,
como a relva verde logo murcharão.

3 Confie no Senhor e faça o bem;
assim você habitará na terra
e desfrutará segurança.

4 Deleite-se no Senhor,
e ele atenderá aos desejos do seu coração.

5 Entregue o seu caminho ao Senhor;
confie nele, e ele agirá:

6 ele deixará claro como a alvorada
que você é justo,
e como o sol do meio-dia que você é inocente.

7 Descanse no Senhor
e aguarde por ele com paciência;
não se aborreça com o sucesso dos outros
nem com aqueles que maquinam o mal.

8 Evite a ira e rejeite a fúria;
não se irrite: isso só leva ao mal.

9 Pois os maus serão eliminados,
mas os que esperam no Senhor
receberão a terra por herança.

10 Um pouco de tempo,
e os ímpios não mais existirão;
por mais que você os procure, não serão encontrados.

11 Mas os humildes receberão a terra por herança
e desfrutarão pleno bem-estar.

12 Os ímpios tramam contra os justos
e rosnam contra eles;

13 o Senhor, porém, ri dos ímpios,
pois sabe que o dia deles está chegando.

14 Os ímpios desembainham a espada
e preparam o arco
para abater o necessitado e o pobre,
para matar os que andam na retidão.

15 Mas as suas espadas
irão atravessar-lhes o coração,
e os seus arcos serão quebrados.

16 Melhor é o pouco do justo
do que a riqueza de muitos ímpios;

17 pois o braço forte dos ímpios será quebrado,
mas o Senhor sustém os justos.

18 O Senhor cuida da vida dos íntegros,
e a herança deles permanecerá para sempre.

19 Em tempos de adversidade
não ficarão decepcionados;
em dias de fome desfrutarão fartura.

20 Mas os ímpios perecerão;
os inimigos do Senhor
murcharão como a beleza dos campos;
desvanecerão como fumaça.

21 Os ímpios tomam emprestado e não devolvem,
mas os justos dão com generosidade;

22 aqueles que o Senhor abençoa
receberão a terra por herança,
mas os que ele amaldiçoa serão eliminados.

23 O Senhor firma os passos de um homem,
quando a conduta deste o agrada;

24 ainda que tropece, não cairá,
pois o Senhor o toma pela mão.

25 Já fui jovem e agora sou velho,
mas nunca vi o justo desamparado
nem seus filhos mendigando o pão.

26 Ele é sempre generoso
e empresta com boa vontade;
seus filhos serão abençoados.

27 Desvie-se do mal e faça o bem;
e você terá sempre onde morar.

28 Pois o Senhor ama quem pratica a justiça,
e não abandonará os seus fiéis.
Para sempre serão protegidos,
mas a descendência dos ímpios será eliminada;

29 os justos herdarão a terra
e nela habitarão para sempre.

30 A boca do justo profere sabedoria,
e a sua língua fala conforme a justiça.

31 Ele traz no coração a lei do seu Deus;
nunca pisará em falso.

32 O ímpio fica à espreita do justo,
querendo matá-lo;

33 mas o Senhor não o deixará cair
em suas mãos
nem permitirá que o condenem quando julgado.

34 Espere no Senhor
e siga a sua vontade.
Ele o exaltará, dando-lhe a terra por herança;
quando os ímpios forem eliminados,
você o verá.

35 Vi um homem ímpio e cruel
florescendo como frondosa árvore nativa,

36 mas logo desapareceu e não mais existia;
embora eu o procurasse,
não pôde ser encontrado.

37 Considere o íntegro, observe o justo;
há futuro para o homem de paz.

38 Mas todos os rebeldes serão destruídos;
futuro para os ímpios nunca haverá.

39 Do Senhor vem a salvação dos justos;
ele é a sua fortaleza na hora da adversidade.

40 O Senhor os ajuda e os livra;
ele os livra dos ímpios e os salva,
porque nele se refugiam.

Salmo de Ontem

Salmo 42

1 – Como a corça anseia por águas correntes,
a minha alma anseia por ti, ó Deus.

2 – A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo.
Quando poderei entrar
para apresentar-me a Deus?

3 – Minhas lágrimas têm sido o meu alimento
de dia e de noite,
pois me perguntam o tempo todo:
“Onde está o seu Deus?”

4 – Quando me lembro dessas coisas,
choro angustiado.
Pois eu costumava ir com a multidão,
conduzindo a procissão à casa de Deus,
com cantos de alegria e de ação de graças
em meio à multidão que festejava.

5 – Por que você está assim tão triste,
ó minha alma?
Por que está assim tão perturbada
dentro de mim?
Ponha a sua esperança em Deus!
Pois ainda o louvarei;
ele é o meu Salvador e
o meu Deus.

6 – A minha alma está profundamente triste;
por isso de ti me lembro
desde a terra do Jordão,
das alturas do Hermom,
desde o monte Mizar.

7 – Abismo chama abismo
ao rugir das tuas cachoeiras;
todas as tuas ondas e vagalhões
se abateram sobre mim.

8 – Conceda-me o Senhor o seu fiel amor de dia;
de noite esteja comigo a sua canção.
É a minha oração ao Deus que me dá vida.

9 – Direi a Deus, minha Rocha:
“Por que te esqueceste de mim?
Por que devo sair vagueando e pranteando,
oprimido pelo inimigo?”

10 – Até os meus ossos sofrem agonia mortal
quando os meus adversários zombam de mim,
perguntando-me o tempo todo:
“Onde está o seu Deus?”

11 – Por que você está assim tão triste,
ó minha alma?
Por que está assim tão perturbada
dentro de mim?
Ponha a sua esperança em Deus!
Pois ainda o louvarei;
ele é o meu Salvador e o meu Deus.

Salmo de Anteontem

Salmo 92

1 – Como é bom render graças ao Senhor
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo;

2 – anunciar de manhã o teu amor leal
e de noite a tua fidelidade,

3 – ao som da lira de dez cordas e da cítara,
e da melodia da harpa.

4 – Tu me alegras, Senhor, com os teus feitos;
as obras das tuas mãos
levam-me a cantar de alegria.

5 – Como são grandes as tuas obras, Senhor,
como são profundos os teus propósitos!

6 – O insensato não entende, o tolo não vê

7 – que, embora os ímpios brotem como a erva
e floresçam todos os malfeitores,
eles serão destruídos para sempre.

8 – Pois tu, Senhor, és exaltado para sempre.

9 – Mas os teus inimigos, Senhor,
os teus inimigos perecerão;
serão dispersos todos os malfeitores!

10 – Tu aumentaste a minha força
como a do boi selvagem;
derramaste sobre mim óleo novo.

11 – Os meus olhos contemplaram a derrota
dos meus inimigos;
os meus ouvidos escutaram a debandada
dos meus maldosos agressores.

12 – Os justos florescerão como a palmeira,
crescerão como o cedro do Líbano;

13 – plantados na casa do Senhor,
florescerão nos átrios do nosso Deus.

14 – Mesmo na velhice darão fruto,
permanecerão viçosos e verdejantes,

15 – para proclamar que o Senhor é justo.
Ele é a minha Rocha;
nele não há injustiça.

Veja também:

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *