Versículos sobre crise financeira

Causas da crise financeira
A crise financeira é causada muitas vezes pelos próprios erros das pessoas, os quais muitos se precipitam tomando decisões erradas.

As pessoas as vezes se deixam levar pelos prazeres, curtição, mas esquecem que futuramente podem sofrer crises finanças.

Por outro lado, aqueles que se acham por terem muito, gastam excessivamente pensando que nunca irá lhe faltar nada, muito menos dinheiro.

Um dos principais motivos que levam muitas pessoas a caírem na ruína, sem dúvida é a falta de obediência a Deus, ou seja, muitos tomam suas próprias decisões sem mesmo consultar com Deus, sem ter a mínima ideia se o que está fazendo é mesmo ou não da vontade dele.

Uma das principais ideias para não ficar atolado na crise financeira, é evitar muitas dívidas, gastos desnecessários, ou melhor, procurar economizar em tudo, e agir com sabedoria na hora de tomar suas decisões, tendo também cuidado para não errarem em seus cálculos. Um bom conselho é – “Não ame o sono, muito menos fique de braços cruzados esperando trabalhos bons, se não quiser ficar perdido ainda mais financeiramente”.

                         Versículos de crise financeira

Provérbios 16:20 – “Quem examina cada questão com cuidado prospera, e feliz é aquele que confia no Senhor”.

Provérbios 21:5 – “Os planos bem elaborados levam à fartura; mas o apressado sempre acaba na miséria”.

Eclesiastes 10:19 – “O banquete é feito para divertir, e o vinho torna a vida alegre, mas isso tudo se paga com dinheiro”.

Provérbios 21:17 – “Quem se entrega aos prazeres passará necessidade; quem se apega ao vinho e ao azeite
jamais será rico”.

Lucas 14:28-30 – “Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la? Pois, se lançar o alicerce e não for capaz de terminá-la, todos os que a virem rirão dele, dizendo: ‘Este homem começou a construir e não foi capaz de terminar”.

Provérbios 21:20 – “Na casa do sábio há comida e azeite armazenados, mas o tolo devora tudo o que pode”.

Provérbios 20:13 – “Não ame o sono, senão você acabará ficando pobre; fique desperto, e terá alimento de sobra”.

Eclesiastes 11:6 – “Plante de manhã a sua semente, e mesmo ao entardecer não deixe as suas mãos ficarem à toa, pois você não sabe o que acontecerá, se esta ou aquela produzirá, ou se as duas serão igualmente boas”.

Mateus 6:24 – “Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro”.

Salmos 62:10 – “Não confiem na extorsão nem ponham a esperança em bens roubados; se as suas riquezas aumentam, não ponham nelas o coração”.

Provérbios 11:24-25 – “Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza. O generoso prosperará; quem dá alívio aos outros, alívio receberá”.

1 Timóteo 6:6-10 – “De fato, a piedade com contentamento é grande fonte de lucro, pois nada trouxemos para este mundo e dele nada podemos levar; por isso, tendo o que comer e com que vestir-nos, estejamos com isso satisfeitos. Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos”.

1 Timóteo 6:17 – “Ordene aos que são ricos no presente mundo que não sejam arrogantes, nem ponham sua esperança na incerteza da riqueza, mas em Deus, que de tudo nos provê ricamente, para a nossa satisfação”.

Isaías 33:15-16 – “Aquele que anda corretamente e fala o que é reto, que recusa o lucro injusto, cuja mão não aceita suborno, que tapa os ouvidos para as tramas de assassinatos e fecha os olhos para não contemplar o mal, é esse o homem que habitará nas alturas; seu refúgio será a fortaleza das rochas; terá suprimento de pão
e água não lhe faltará”.

Provérbios 13:11 – “O dinheiro ganho com desonestidade diminuirá, mas quem o ajunta aos poucos terá cada vez mais”.

Provérbios 10:4 – “As mãos preguiçosas empobrecem o homem, porém as mãos diligentes lhe trazem riqueza”.

Provérbios 6:6-8 – “Observe a formiga, preguiçoso, reflita nos caminhos dela e seja sábio! Ela não tem nem chefe, nem supervisor, nem governante, e ainda assim armazena as suas provisões no verão e na época da colheita ajunta o seu alimento”.

Provérbios 11:15 – “Quem serve de fiador certamente sofrerá, mas quem se nega a fazê-lo está seguro”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *