Os 15 Versículos sobre Sementes Espirituais

A Bíblia diz que aquele que semear para o Espírito do Espírito colherá a vida eterna (Gálatas 6:8). Mas, durante a sua vida aqui na terra, que tipo de sementes você têm plantado? Se você é um cristão que se preocupa com os frutos que vai colher no futuro, saiba que temos muitas promessas para colhermos na eternidade. Porém, essas promessas estão ligadas com as sementes que nós plantamos aqui na terra.

Deus nos deu o livre arbítrio para semear aquilo que nós desejamos no coração. Ou seja, quem faz a escolha das sementes somos nós e, sabemos que só existem dois tipos delas para nós escolhermos: as boas, e também as más. No entanto, é certo que os frutos serão as consequências dessa escolha.

Por tanto, se você deseja colher bons frutos, plante hoje as boas sementes, que são elas: Amor ao próximo, obediência a Deus, mansidão, misericórdia, compaixão, bondade, fidelidade, etc. Essas são as sementes do bom semeador que escolhe semear para o espírito (Salmos 92:14).

Contudo, aquele que escolher semear na carne, certamente colherá frutos maus, pois as sementes ruins são: fofocas, intrigas, invejas, ciúmes, ódio ou raiva; discórdia, ira, egoísmo, dissensões, facções, imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria, e coisas semelhantes a essas.

A certeza é que nós fomos criados por Deus para dar os melhores frutos para Ele. Assim, se plantarmos para o espírito, o resultado dessa semeadura poderá durar para sempre.

E lembre-se: se você escolher plantar muito, sem dúvida colherá muito. Mas, se plantar pouco, é certo que você colherá pouco.

A seguir, você vai conferir os 15 versículos que falam sobre semente, para o estudo da palavra de Deus. Veja:

Semente espiritual segundo a Bíblia

Marcos 4:26-29 – “Ele prosseguiu dizendo: “O Reino de Deus é semelhante a um homem que lança a semente sobre a terra. Noite e dia, estando ele dormindo ou acordado, a semente germina e cresce, embora ele não saiba como. A terra por si própria produz o grão: primeiro o talo, depois a espiga e, então, o grão cheio na espiga. Logo que o grão fica maduro, o homem lhe passa a foice, porque chegou a colheita”.

Marcos 4:30-32 – “Novamente ele disse: “Com que compararemos o Reino de Deus? Que parábola usaremos para descrevê-lo? É como um grão de mostarda, que é a menor semente que se planta na terra. No entanto, uma vez plantado, cresce e se torna uma das maiores plantas, com ramos tão grandes que as aves do céu podem abrigar-se à sua sombra”.

1 Coríntios 15:35-37 – “Mas alguém pode perguntar: “Como ressuscitam os mortos? Com que espécie de corpo virão?” Insensato! O que você semeia não nasce a não ser que morra. Quando você semeia, não semeia o corpo que virá a ser, mas apenas uma simples semente, como de trigo ou de alguma outra coisa”.

Salmos 126:5-6 – “Aqueles que semeiam com lágrimas, com cantos de alegria colherão. Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes”.

Isaías 61:11 – “Porque, assim como a terra faz brotar a planta e o jardim faz germinar a semente,
assim o Soberano, o Senhor, fará nascer a justiça e o louvor diante de todas as nações”.

Mateus 13:3-9 – “Jesus falou muitas coisas por parábolas, dizendo: “O semeador saiu a semear. Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho, e as aves vieram e a comeram. Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra, e logo brotou, porque a terra não era profunda. Mas, quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz. Outra parte caiu no meio dos espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas. Outra ainda caiu em boa terra, deu boa colheita, a cem, sessenta e trinta por um. Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça!”

Lucas 8:11-15 – “Este é o significado da parábola: A semente é a palavra de Deus. As que caíram à beira do caminho são os que ouvem, e então vem o Diabo e tira a palavra do seu coração, para que não creiam e não sejam salvos. As que caíram sobre as pedras são os que recebem a palavra com alegria quando a ouvem, mas não têm raiz. Creem durante algum tempo, mas desistem na hora da provação. As que caíram entre espinhos são os que ouvem, mas, ao seguirem seu caminho, são sufocados pelas preocupações, pelas riquezas e pelos prazeres desta vida, e não amadurecem. Mas as que caíram em boa terra são os que, com coração bom e generoso, ouvem a palavra, a retêm e dão fruto, com perseverança”.

1 Coríntios 15:42-44 – “Assim será com a ressurreição dos mortos. O corpo que é semeado é perecível e ressuscita imperecível; Se há corpo natural, há também corpo espiritual. é semeado em desonra e ressuscita em glória; é semeado em fraqueza e ressuscita em poder; é semeado um corpo natural e ressuscita um corpo espiritual”.

Gálatas 6:8 – “Quem semeia para a sua carne da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito do Espírito colherá a vida eterna”.

1 João 3:9 – “Todo aquele que é nascido de Deus não pratica o pecado, porque a semente de Deus permanece nele; ele não pode estar no pecado, porque é nascido de Deus”.

Jó 4:8 – “Pelo que tenho observado, quem cultiva o mal e semeia maldade, isso também colherá”.

Provérbios 22:8 – “Quem semeia a injustiça colhe a maldade; o castigo da sua arrogância será completo”.

Provérbios 11:18 – “O ímpio recebe salários enganosos, mas quem semeia a retidão colhe segura recompensa”.

2 Coríntios 9:10 – “Aquele que supre a semente ao que semeia e o pão ao que come também lhes suprirá e multiplicará a semente e fará crescer os frutos da sua justiça”.

Tiago 3:18 – “O fruto da justiça semeia-se em paz para os pacificadores”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *